Sobre ser fútil

1e0bb979027e11cad3439a6686807884

*Significado de fútil: adj.m. e adj.f.

1. Característica de quem ou do que é irrelevante; particularidade de quem é insignificante; que dá relevância a coisas sem importância ou vãs;
2. Diz-se do que ou de quem possui uma aparência que provoca desconfiança; que possui características ardilosas, que é enganador;
3. Que é desprovido de âmago ou de princípios; de caráter infantil ou tolo; que é superficial ou frívolo.

Recentemente fui chamada de fútil por reclamar de uma espinha que estava me incomodando muito. Pois bem, percebi que não é a primeira vez que uma pessoa usa esse adjetivo para se referir a mim.

Confesso que já faz um tempinho que eu ando refletindo sobre isso, principalmente por estar de saco cheio ser taxada como algo que eu não sou. E enquanto eu refletia eu percebi que todas as pessoas que usaram esse adjetivo eram mulheres com características muito parecidas, e o mais estranho e contraditório é que uma das características em comum é a luta pela liberdade de expressão e um certo engajamento social.

Veja bem, nenhuma dessas pessoas me conhecem bem o suficiente para dizer o que eu sou ou deixo ser. Fizeram um julgamento baseado em um vestido de lacinho ou em um comentário sobre a minha aparência.

Porque infelizmente é assim que funciona, meu caro. Você pode até se preocupar com a sua aparência (não muito), mas de maneira alguma pode verbalizar isso. Porque se você comenta o quanto a bolsa da moça que acabou de passar é bonita você é fútil. Se você está louca pra comprar aquela saia de cintura alta você é fútil. Comentar que o seu cabelo está cheio de pontas duplas é mais fútil ainda.

Fútil, fútil, fútil.

E eu me pergunto o porquê disso.

Qual o problema em me preocupar com a minha aparência e admirar uma bolsa bem feita? Por que isso precisa ser sinônimo de ser uma pessoa vazia, sem contudo ou menos inteligente? Isso não é o mesmo rotular as pessoas? Não estamos lutando contra esse tipo de comportamento?

Pois saibam que eu posso sim, me preocupar com a minha aparência e ser feminista. Eu posso me interessar por política e maquiagem ao mesmo tempo. Eu posso ler a biografia da Chanel e em seguida ler um livro de Machado de Assis ou Dostoiévski. Eu posso ter mil interesses diferentes e nenhum deles precisa me definir.

Eu quero ser livre para ser vaidosa sem ser rotulada. Eu não preciso de um rótulo, e você não precisa me rotular como isso ou aquilo.

Ninguém precisa.

*http://www.lexico.pt/futil/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s